an-overhead-view-of-an-open-laptop-on-wooden-table-with-colorful-chairs

Posts Recentes!

receita do YouTube

Finalmente é revelada a receita do YouTube – US $15 bilhões em 2019

A decisão tomada pelos cofundadores Larry Page e Sergey Brin de se afastarem das decisões diárias da companhia de tecnologia no último mês, trouxeram repercussões em Wall Street de que a Alphabet tomasse para si mais uma das armadilhas de uma empresa convencional quando o assunto é lidar com acionistas. 

A receita do YouTube chegou a $15 bilhões no ano de 2019.

Percebeu-se que através do primeiro relatório trimestral divulgado em relação aos ganhos da companhia sob a direção do novo chefe Sundar Pichai, a Wall Street recebeu algo que desejava há muito tempo, um novo olhar, com outro nível de divulgação sobre como ganhar dinheiro com o YouTube, além das divisões de computação em nuvem.

Os acionistas puderam ter acesso a total transparência durante todo o procedimento. 

Houveram promessas aos acionistas, principalmente assegurando-os em relação à rentabilidade que poderia vir a partir da receita do YouTube. 

Já em relação aos investimentos nos projetos “moonshot” da Alphabet, houveram perdas significativas, fazendo com que houvesse um maior compromisso e a criação de estratégias que pelo menos pudessem possibilitar a recompra das ações. 

Foi triste ver que o solo voador do primeiro quarto de Pichai tenha sido manchado por figuras sem brilho e criatividade.

O “business” publicitário nas buscas no Google ainda possui alta relevância e atividade, porém a receita desse negócio não é tão alta como o esperado, principalmente devido a uma queda nas vendas mais fracas do smartphone Pixel. 

A margem de lucro da companhia teve um declínio principalmente pelas perdas de projetos, incluindo unidades de carros sem motoristas, venda e entrega de drones, entre outras atividades.

A empresa Alphabet após o ocorrido teve um corte de U$ 40 bilhões no mercado e nas negociações pós mercado, fazendo com que a avaliação de U$ 1 trilhão do mês passado desaparece. 

receita do YouTube

Com as inovações tecnológicas que chegaram com a SmartTv mudou nosso jeito de ver filmes, ouvir músicas e inclusive acessar internet.

O “Boom” dos relatórios! Qual o impacto dessa receita?

A Wall Street não ficou impressionada com o desempenho trimestral, a divulgação é que trouxe uma recepção muito mais calorosa. Já a receita do YouTube foi uma surpresa para todos, de forma positiva.

“Essa é a melhor fase da Alphabet em que estou desde que estou cuidando da companhia”, disse Heather Bellini, que acompanha a empresa como analista na Goldman Sachs há quase dez anos. 

Outros analistas usaram a teleconferência da empresa na segunda-feira para tentar analisar os negócios que há muito  tempo eram sem brilho  para investidores externos, mesmo que de forma limitada.

“É positivo – mas obviamente trouxe mais questões à tona”, disse Youssef Squali, analista da SunTrust. Entre os detalhes mais importantes que a Alphabet deixou de fora, acrescentou, estava o nível de lucros ou perdas nos negócios que são de extrema relevância para a análise de investimentos e de ações.

Novos relatórios e informações mostraram que as divisões do YouTube assim como a computação em nuvem estão em forte crescimento, porém, ainda não foi atingido o que é esperado deles, ou seja, a receita do YouTube poderia ser maior.

A receita do YouTube chegou a U$ 15 bilhões no ano passado, um valor maior do que as receitas das redes de TV americanas ABC, NBC  e Fox juntas. Porém, no último trimestre houve uma queda no crescimento de 31%.

Uma desaceleração inesperada comparada aos 38% dos últimos nove meses. 

O YouTube recebeu muitas críticas no último ano devido a uma parte do conteúdo que estava promovendo aos usuários, em que poderiam afetar diretamente o acesso dos usuários devido a alterações em seus algoritmos. 

Atualmente o YouTube possui uma média de audiência de mais de 2 bilhões de espectadores, com essa divulgação é mostrado que o YouTube recebe 7 a 8 Dólares por ano em receita por cada usuário. 

O Facebook recebe uma média de U$ 7,38 por usuário, seguido pelo Twitter com U$ 5,68.

A maior parte da receita do YouTube é proveniente das campanhas publicitárias de “marca”, possuindo muito espaço para o crescimento de novas formas de publicidade na plataforma do YouTube. 

Ganhar dinheiro com o YouTube pode ser real, se houver o investimento certo nas publicidades. “Isso pode se tornar uma grande área de crescimento para nós” afirmou ele, enquanto a Google visa transformar o YouTube em uma plataforma de comércio online.

Além disso, o relatório de crescimento da nuvem é pequeno comparado a plataforma de nuvem da Microsoft Azure, que obteve um crescimento acelerado no último trimestre de 62%. 

Isso define o ótimo momento da companhia Alphabet em relação ao aumento de receita do YouTube.

Resultado de imagem para dinheiro dólares

O jogo sem fim das Big Companies

Quando Page ainda era o responsável pela companhia os enfoques eram sempre em uma visão de longo prazo, assim como as estratégias desenvolvidas na área de investimentos, obtendo gastos expressivos a curto prazo. 

Tanto o número de funcionários como os gastos tenderão a  aumentar nos próximos anos, a medida que a Google adquiriu a empresa Fitbit e continuar seus investimentos em Inteligência Artificial e nuvem.

Isso pode ter impactos diretamente ligados a empresa Alphabet, criada pelos fundadores da Google há alguns anos para investirem em maior desenvolvimento tecnológico. 

Porém, atualmente os resultados são bons, com a divulgação de receita do YouTube, não só houve a maior procura de acionistas, como a imagem da companhia ficou positiva, com a chance de melhores resultados no futuro.

Como se proteger no WhatsApp

Nunca compartilhe seu código de confirmação com outras pessoas.

Ative a confirmação em duas etapas na sua conta do WhatsApp.

Não instale apps de terceiros, ou compartilhe informações pessoais a pedido de ninguém pelo WhatsApp.

Desconfie de ligações de empresas com uma linguagem muito informal.