Wifi para carros: vantagens e desvantagens dessa tecnologia

A tecnologia que permite a adaptação de uma rede wifi para carros é relativamente nova. No entanto, lá se vão mais de 20 anos desde que essa sofisticada inovação – a do wireless ou sem fio – foi apresentada pela primeira vez ao público consumidor.

Isso foi no final de 1999, quando a Wireless Ethernet Compatibility Alliance (ou simplesmente Wi-Fi Alliance) foi criada. A empresa surgiu com o modesto objetivo de ser um padrão internacional para a comunicação sem fio em todo o segmento da atividade humana.

Por conseguinte, tal foi o sucesso dessa nova maneira de conectar-se à internet, que diversas montadoras decidiram que era hora de oferecer carros com wifi de fábrica. Mas elas também decidiram oferecer os serviços a partir do equipamento dos próprios usuários. E foi o que aconteceu com a adaptação da rede wifi nos painéis dos veículos por meio de uma rede 3G ou 4G.

Além disso, o sistema inclui a utilização da conexão do próprio celular do motorista com o auxílio de um hotspot para o compartilhamento desse sinal por todo o interior do carro. Mas também é possível utilizar o próprio celular como uma espécie de roteador, bastando, para isso, ir até as configurações do aparelho e acessar “Conexões”, e logo após “roteador Wifi”.

Vantagens e desvantagens do wifi para carros

Em síntese, dentre as principais vantagens e desvantagens de ter um carro com wifi, os usuários dessa tecnologia elencam algumas que eles consideram as principais. E entre elas:

Vantagens dos carros com wifi

1. Facilita a localização de um destino

Essa é uma vantagem da adaptação de uma rede wifi para carros via satélite. A tecnologia facilita a localização de um trajeto a ser feito, pois o equipamento embutido no veículo, obviamente, possui conexão com a web. Isso permite, portanto, que o motorista detecte sempre o melhor trajeto.

2. Substitui os aparelhos de rádio

Outra vantagem do wifi para carros é a possibilidade de utilizar os apps de streaming de música para produzir a sua própria playlist. Dessa forma, o usuário pode personalizar cada viagem, fazer dela um momento dos mais agradáveis; e, no caso dos motoristas de aplicativos, fidelizar, ainda mais, os seus clientes.

3. Internet das coisas

Carros com wifi de fábrica (ou adaptados) funcionam a partir da tecnologia da “Internet das Coisas”. Com isso, ele se transforma em um equipamento altamente tecnológico, e capaz, inclusive, de identificar, por meio desse sistema, falhas e problemas mecânicos em quaisquer tipos de veículos.

4. Economia nos pacotes de dados com o wi fi para carros

A tecnologia do wifi para carros também ajuda a economizar no bolso. E aqui estamos falando dos carros com wifi de fábrica, e da vantagem de poder utilizar a tecnologia no lugar do pacote de dados do seu smartphone ou iPhone.

5. Wifi para carros em benefício dos motoristas de aplicativos

De acordo com os empreendedores desse segmento, ter um carro com wifi (além do bom e velho cafezinho) pode significar um incremento de mais de 20% na clientela. Além disso, o recurso garante a fidelização dos atuais clientes em um mercado dos mais acirrados e competitivos, e que, só em São Paulo, contabiliza mais de 30 mil motoristas cadastrados.

6. Estar sempre conectado

Todos sabem, em plena Era Digital não dá para ficar desconectado nem por um só segundo. Por isso, não só o passageiro como também o motorista acabam beneficiando-se com a possibilidade de poder resolver diversos assuntos domésticos e profissionais sem precisar “tirar as mãos do volante”.

wifi para carros
Conforto e fidelização de clientes são algumas das vantagens do wi fi para carros.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Desvantagens do wifi para carros

1. Investimento

Aqui está um dos principais inconvenientes dessa utilização do wifi no carro. O investimento com esse tipo de tecnologia oscila entre R$79 e R$99 mensais.

No entanto, por alguns motoristas, esse incremento nas despesas é encarado como uma forma de obter resultados em longo prazo. Por isso, vale a pena, na opinião de muitos deles, esses e outros “mimos” com o objetivo de garantir o seu lugar ao sol nesse tão disputado mercado dos aplicativos de viagens.

2. O excesso de exposição à rede

A ciência ainda não bateu o martelo sobre os riscos do excesso de exposição a essa tecnologia wireless em curto, médio ou longo prazo. No entanto, para alguns especialistas, o simples fato de eliminarmos todo e qualquer ambiente sem a presença dessa tecnologia pode configurar-se em um risco – e dos mais graves – ao menos em longo prazo.

3. O perigo dos hackers

Ter wifi no carro também pode significar um nicho de mercado a mais para a ação dos famigerados hackers de internet.

Imagine só a possibilidade de ter alguns dos compartimentos do seu automóvel invadidos por criminosos cibernéticos? Tudo isso realizado à distância, e ainda com pouca cobertura de uma legislação que atenda a esses tipos de ocorrências. Sem dúvida, isso seria uma verdadeiro pesadelo sobre o qual as atuais regras e normas de trânsito ainda não são capazes de deliberar a contento.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Gostou desse artigo? Deixe a resposta na forma de um comentário, logo abaixo. E continue acompanhando outros conteúdos sobre esse tema no blog ericavery.net.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *